Cardiol - cápsulas para normalizar a pressão arterial

Cardiol É um suplemento dietético em forma de cápsula projetado para reduzir os níveis de pressão arterial. Por ter uma composição à base de plantas, este produto ajuda a normalizar a pressão arterial e a superar os sintomas de hipertensão conhecidos pela medicina. Além disso, Cardiol restaura a elasticidade vascular e reduz o colesterol no sangue.

Cardiol - cápsulas para normalizar a pressão sanguínea

A pressão arterial é a pressão que cria o fluxo sanguíneo para a parede vascular à medida que o coração se contrai e relaxa. A pressão arterial tem dois componentes: pressão sistólica (a pressão que ocorre quando o coração se contrai) e pressão diastólica (a pressão que ocorre quando o músculo cardíaco relaxa).

A pressão alta representa pressão acima de 140/90 mm Hg. Esta doença pode levar à morte do paciente se você não a controlar. Na maioria das vezes, a hipertensão é assintomática, mas pode causar muitas complicações no coração, rins, cérebro e vasos sanguíneos.

No entanto, há casos em que a hipertensão se manifesta através de sintomas como náusea, vômito, dor de cabeça, sangramento nasal, fadiga e zumbido. Felizmente, após o tratamento adequado, essa condição pode ser controlada.

Ingestão de drogas Cardiol aumenta o suprimento de sangue a todos os órgãos, tem efeito tônico no nervo vago, estabilizando as contrações do coração. Tem um efeito diurético fraco, fortalecendo e ajudando o coração. Efeito anti-hipertensivo dos comprimidos Cardiol igualmente perceptível em pacientes jovens e idosos. É importante que, quando o medicamento é cancelado repentinamente, a chamada síndrome do "rebote" não seja observada, ou seja, não haja salto perceptível na pressão alta. Tablets Cardiol pode ser tomado com segurança mesmo por pacientes com diabetes mellitus, uma vez que o medicamento não afeta os níveis de glicose plasmática e não representa uma ameaça de hipoglicemia.

O uso dessa droga é recomendado durante um período intensivo de reabilitação após um acidente vascular cerebral ou infarto do miocárdio, bem como na prática oftálmica no tratamento de doenças degenerativas das membranas oculares.

Em dosagens sugeridas pelo fabricante, comprimidos Cardiol não causam efeitos colaterais e reduzem a pressão alta com pouca alteração na freqüência cardíaca. Quando o medicamento é cancelado, a síndrome de abstinência não é estabelecida, Cardiol reduz o nível de vasopressores no plasma sanguíneo - angiotensina II, renina e aldosterona.

A relevância médica desses achados é discutida para o papel do sistema renina-angiotensina-aldosterona na degeneração patológica do coração e capilares. Redução da hipersensibilidade grave ao longo do tratamento com pílulas Cardiol acompanhada de sensibilização dos tecidos à insulina, otimização do processo de metabolismo de carboidratos e lipídios (incluindo diminuição da concentração de açúcar no sangue e leptina).

O efeito benéfico do medicamento nos processos metabólicos torna possível recomendá-lo a pessoas que sofrem de diabetes mellitus e síndrome de resistência à insulina. De acordo com os resultados de vários estudos científicos, Cardiol em sua atividade anti-hipertensiva, não é inferior nem aos beta-bloqueadores, nem aos diuréticos, nem aos inibidores da ECA com "antagonistas" do cálcio e, em termos de tolerabilidade, difere claramente dos medicamentos de ação central usados ​​anteriormente. Ao usar tablets Cardiol pessoas com pressão alta têm um resultado duplo:

  • curto prazo (devido ao efeito da droga nos centros de compreensão do cérebro);
  • prolongada (devido à inibição da libertação e aumento da renina) função excretora renal).

Na verdade, outra função interessante da droga foi descoberta Cardiol: Quanto mais alto for o nível preliminar de pressão arterial, maior será o grau de redução. Nesse sentido, uma orientação atrativa para o uso do medicamento na prática médica é a possibilidade de amenizar as crises hipertensivas. Continue lendo para saber mais sobre este produto.

o que Cardiol?

Cardiol É um medicamento inovador que ajuda a baixar a pressão arterial naturalmente. Aparentemente, as causas subjacentes que aumentam os níveis de pressão arterial são eliminadas. Assim, usando os ingredientes ativos da cápsula Cardiol eliminar o estresse, síndrome metabólica e espasmo dos vasos sanguíneos.

Cardiol baixar a pressão arterial

Além de normalizar a pressão sanguínea, essas cápsulas têm um efeito complexo em todo o corpo. Portanto, o uso da droga Cardiol, evita ataques cardíacos e derrames. Além disso, os níveis de colesterol melhorarão e as paredes dos vasos sanguíneos se fortalecerão.

Cardiol É uma excelente fonte de coenzima Q10 (CoQ10, coenzima Q10), conhecida por suas propriedades antioxidantes e participação ativa na produção de energia nas células. A concentração mais alta da coenzima Q10 é observada nas células do músculo cardíaco, onde as necessidades de energia são especialmente altas. A coenzima Q10 é produzida pelo corpo humano, mas seu nível de produção diminui com a idade. Kardiol é uma ótima maneira de fornecer ao seu corpo a coenzima Q10 que ele precisa tanto. O efeito antioxidante da coenzima Q10 complementa a vitamina E. natural

A droga Cardiol contém formas hidrossolúveis de vitamina E e coenzima Q10, criadas usando a tecnologia de encapsulamento molecular. A tecnologia de encapsulamento molecular permite reduzir o volume de partículas de uma substância ao tamanho absorvível. Isso garante a máxima absorção de vitamina E e coenzima Q10. Por exemplo, a biodisponibilidade da coenzima Q10 solúvel em água, em comparação com sua forma solúvel em gordura, aumenta 2,6 vezes, o que torna o medicamento mais eficaz.

Cardiol para o coração - Coenzima Q10 Coenzima

A coenzima Q10 é um catalisador para processos de energia no nível celular. É o elo final de uma longa cadeia de enzimas localizadas nas mitocôndrias e responsável pela síntese de ATP (trifosfato de adenosina) - o principal fornecedor de energia para as células. O uso da coenzima Q10 compensa o déficit de energia, e isso tem um efeito cicatrizante pronunciado. Cardiol melhora o funcionamento do músculo cardíaco, fortalece o sistema imunológico.

Estudos demonstraram que uma queda de 10% nos níveis de Q25 no corpo causa falta de energia. Como resultado, surgem várias condições dolorosas. Com uma deficiência de Q10 de 75%, ocorre a morte celular. Todos os pacientes cardíacos apresentavam níveis de Q10 abaixo do normal. Com a idade, a capacidade do corpo de sintetizar essa coenzima diminui.

Q10 é mais no músculo cardíaco do que em qualquer outra parte do corpo. Portanto, eles começaram a usá-lo para tratar doenças cardíacas e obtiveram resultados surpreendentes!

A Dra. Emilia Bliznyakova escreve: "Pacientes que mal se moviam devido a insuficiência cardíaca, sufocados mesmo em repouso, não podiam subir na mesa de raios-X, tomando a coenzima Q10, começaram uma nova vida ativa".

Descobriu-se que o Q10 pode melhorar a condição de até um coração não treinado. Talvez seja uma boa chance para uma pessoa que não se exercita.

A doença gengival, que afeta 30-40% da população, não é um processo local, mas um indicador de diminuição da reatividade do sistema imunológico. O sucesso da coenzima Q10 no tratamento desses distúrbios se deve às suas propriedades imunomoduladoras. O aumento de infecções virais graves gerou um interesse cada vez maior pelo Q10 como uma ótima forma de energizar o sistema imunológico.

Estudos também demonstraram as propriedades antitumorais do Q10 e sua capacidade de prolongar a vida de animais experimentais uma vez e meia. Talvez esses resultados se devam à forte propriedade antioxidante do Q10.

Cápsulas Cardiol fortalecer os músculos do coração

A coenzima Q10 usada no Cаrdiol é uma substância natural sem efeitos colaterais, registrada nos EUA e em outros países como suplemento dietético.

Combinação balanceada de componentes da cápsula Cardiol Tem um poderoso efeito restaurador em quase todos os órgãos e sistemas sujeitos a degeneração relacionada à idade.

Cardiol pode melhorar a saúde do paciente após apenas alguns dias de tratamento. Segundo os fabricantes, até a função erétil será restaurada após o uso deste medicamento. Este remédio exclusivo atua não apenas nos sintomas da pressão alta, mas também na causa de sua ocorrência.

Pessoas que querem levar uma vida calma e esquecer os altos valores da pressão arterial podem experimentar este suplemento, que é muito eficaz. É o que nos dizem os comentários dos clientes, publicados nas redes sociais.

Cardiol em farmácias - quanto custa?

Agora Cardiol não é vendido em farmácias porque os fabricantes decidiram vendê-lo apenas online. Se deseja adquirir este produto, visite a página oficial do fabricante e preencha o formulário de pedido com seus dados de contato.

Cardiol купить сейчас

Em alguns minutos, o operador entrará em contato com você para estabelecer todos os detalhes relacionados à entrega do pacote. Preço do produto 39 euros. O pagamento é feito após o recebimento da parcela.

Como é que Cardiol no corpo humano?

Componentes incluídos na cápsula  Cardiol reduzir ou inibir o efeito agonístico que as catecolaminas liberadas durante o estresse nervoso e físico exercem sobre a atividade cardíaca. Isso significa que o medicamento tem a capacidade de impedir um aumento da freqüência cardíaca, do débito cardíaco e da contratilidade cardíaca aumentada, além de aumentar a pressão sanguínea causada por uma liberação acentuada de catecolaminas.

Efeito da droga Cardiol para pressão sanguínea

Cardiol Ajuda a superar rapidamente os sintomas da hipertensão normalizando a pressão arterial para níveis normais. Quem toma essas cápsulas terá um sistema imunológico muito mais forte e se livrará da ansiedade. Cardiol além disso, estabiliza o açúcar no sangue e reduz o colesterol.

Cápsulas Cardiol tem 3 estágios de ação: restaurar, normalizar e proteger. Desde as primeiras horas de toma das cápsulas, a pressão arterial normaliza. Após alguns dias, a frequência cardíaca é restaurada e, após um curso completo de tratamento, o risco de ataque cardíaco ou derrame é minimizado.

A partir dos dados publicados no site oficial do fabricante, sabemos que este produto foi testado em 2019 por um grupo de voluntários de diferentes idades. Os resultados do estudo mostraram que a pressão arterial se estabilizou em todos os participantes, mesmo desde as primeiras horas de tratamento, e 89% não apresentaram sintomas de hipertensão nos três meses seguintes à conclusão dos testes.

Embora os resultados pareçam muito bons, não podemos ter certeza de que são 100% reais, porque as informações sobre este estudo foram encontradas apenas no site oficial dos fabricantes.

Efeitos colaterais da terapia com este medicamento

De acordo com os fabricantes, Cardiol contém apenas ingredientes naturais, por isso não deve causar efeitos colaterais. No entanto, recomendo que você consulte um médico especialista antes de usar esse produto.

Do lado do sistema cardiovascular: frequentemente - uma diminuição pronunciada da pressão arterial (no início da terapia, com um aumento da dose ou adesão à terapia diurética), hipotensão ortostática, síncope; raramente - edema periférico, palpitações, angina de peito, arritmia; muito raramente - isquemia do miocárdio, enfarte do miocárdio, aumento das perturbações circulatórias no contexto de lesões vasculares estenosantes, síndrome de Rein, vasculite, taquicardia, rubor para a pele da face.

Possível reação à composição da cápsula

Do sistema nervoso: muitas vezes - dor de cabeça, fraqueza; raramente - fadiga aumentada, nervosismo, depressão, tremor, desequilíbrio, confusão, ansiedade, tontura, ansiedade motora, distúrbios do sono; muito raramente - parestesia, percepção prejudicada de odores (parosmia), ataques isquêmicos transitórios, acidente vascular cerebral isquêmico, isquemia cerebral, concentração diminuída.

Do sistema geniturinário: raramente - impotência transitória, diminuição da libido, insuficiência renal, insuficiência renal aguda, aumento da excreção de urina, aumento da proteinúria pré-existente, aumento da concentração de uréia e creatinina; muito raramente - ginecomastia.

Cardiol não recomendado para menores de idade, gestantes e nutrizes. Além disso, este produto não é recomendado para pessoas alérgicas a nenhum de seus componentes.

Composição da cápsula Cardiol

Ingredientes com alta biodisponibilidade estão incluídos nas cápsulas Cardiol:

  • Tiamina - previne a anemia, normaliza o metabolismo das gorduras, melhora a contração cardíaca, garante o funcionamento ideal dos vasos cerebrais.
  • Selênio - previne a aterosclerose, protege o músculo cardíaco dos efeitos nocivos dos radicais livres.
  • “Vitamina C” - aumenta a elasticidade das paredes dos vasos sanguíneos, acelera o processo de cicatrização dos tecidos, melhora a coagulação do sangue.
  • Terminalia Arjuna - tem efeito tônico, tonifica o coração, fortalece o músculo cardíaco
  • Extrato de semente de uva - fortalece as paredes dos vasos sanguíneos, estimula o sistema circulatório e reduz o risco de acidente vascular cerebral.
  • Valeriana - combate a insuficiência cardíaca, reduz o estresse no coração e apoia o sistema vascular.

Como funcionam as cápsulas no tratamento da hipertensão?

Ao contrário de outras drogas similares, Cardiol não viciante e não causa efeitos colaterais. Este suplemento dietético diminui ligeiramente a pressão sanguínea, afetando as causas, não apenas os sintomas da doença.

Como a droga afeta o corpo humano

Assim, o Cardiol pode restaurar o tônus ​​vascular e a elasticidade, prevenindo ataques cardíacos e derrames, duas complicações graves da hipertensão que podem levar à morte do paciente. Kardiol tem um efeito vasodilatador, melhorando a atividade do sistema circulatório.

Além disso, essas cápsulas, que contêm ingredientes ativos, fortalecem o sistema imunológico e apoiam a atividade do sistema nervoso: dois elementos-chave no bom funcionamento do processo circulatório.

A maneira de usar cápsulas para normalizar a pressão

O medicamento é usado uma cápsula duas vezes ao dia, uma vez pela manhã e outra à noite, antes das refeições com um copo grande de água. Uma caixa contém 20 cápsulas, o que é suficiente para um curso de 10 dias de terapia. Cardiol é um suplemento alimentar que não substitui um estilo de vida ativo e uma dieta equilibrada.

Como tomar, curso de administração e dosagem do medicamento

Por dentro, inteiro, sem mastigar, independente da alimentação, bebendo muito líquido. A dose é selecionada dependendo do efeito terapêutico e da tolerância do paciente ao medicamento. A dose máxima diária é de 3 cápsulas. Em pacientes que recebem grandes doses de diuréticos, antes de iniciar a terapia medicamentosa Cardiol, a dose de diuréticos deve ser reduzida.

Avaliações de clientes sobre cápsulas Cardiol

Muitos dos que já usaram este produto expressaram sua opinião sobre sua eficácia no fórum que discute o medicamento. Cardiol. Analisamos seus comentários e chegamos à conclusão de que a maioria dos usuários está satisfeita com os resultados da terapia e até recomenda que outros usuários tomem este medicamento.

Como esperado, havia algumas pessoas insatisfeitas, mas seu número é pequeno. No entanto, devemos estar cientes de que os resultados variam de pessoa para pessoa, dependendo de vários fatores, como a resposta do corpo à composição da droga e estilo de vida. Escritório editorial obzoroff.info recomenda a leitura de artigos sobre outros medicamentos para o tratamento da hipertensão: Detonic (pó) Cardiline (comprimidos).

Cápsulas Cardiline  e droga Cardiol

A opinião de um cardiologista sobre os métodos de tratamento da hipertensão

Hoje gostaria de falar sobre um problema importante da pessoa moderna, a hipertensão. Um estilo de vida urbano ativo, alta carga de trabalho e falta de descanso normal levam mais de 40% da população a doenças como hipertensão. Quando o corpo necessita de mais energia, segue-se um aumento natural da pressão nas artérias, mas se houver aumento da pressão em repouso, é necessário iniciar o tratamento, que consiste em uma abordagem integrada com vários medicamentos para hipertensão. Que remédio o ajudará a curar a hipertensão e para que servem os remédios para hipertensão?

O estilo de vida moderno pode levar a uma situação em que o corpo inclui uma defesa natural contra o fluxo sanguíneo excessivo nos rins e no cérebro, o tônus ​​vascular aumenta. O aumento da atividade do corpo aumenta a necessidade de aumento da pressão arterial para o funcionamento normal do cérebro e dos rins, o que leva a uma hipertensão persistente e prolongada. Devido ao período de adaptação, que pode durar muito tempo, um paciente com hipertensão no primeiro estágio pode nem ter consciência de sua doença. O indicador normal é uma preservação estável de uma diferença de 40-50 mm p. Arte. entre a pressão sistólica (superior) e a pressão diastólica (inferior). Este indicador geralmente varia de “110” a “70” p. Arte. até “120” a “80”. A pressão de 130 a 85 em repouso já é considerada "limítrofe" e, no futuro, sem a devida atenção, pode não evoluir para melhor. Na maioria das vezes, uma condição negligenciada é o resultado da relutância do paciente em procurar tratamento a tempo.

Quais são as síndromes de hipertensão e que remédio ajuda a eliminá-las com eficácia?

Dor de cabeça, dependência de mudanças climáticas, fadiga constante são apenas os primeiros sintomas, nos quais já se deve iniciar o tratamento com diversos medicamentos para a hipertensão. A primeira coisa que sofre o ataque com hipertensão é o músculo cardíaco, hipertrofia e dilatação desenvolvem, o que leva ao aumento da pressão diastólica. Uma pessoa que sofre de hipertensão está sujeita ao envelhecimento prematuro. O aumento prolongado da pressão prejudica as paredes dos vasos sanguíneos e diminui a elasticidade. Os vasos tornam-se mais frágeis e sujeitos a danos por aterosclerose e outros processos patológicos. Os vasos sanguíneos danificados são incapazes de fornecer fluxo sanguíneo normal, o que é muito perigoso para o cérebro. Como resultado da diminuição da capacidade mental, a memória se deteriora. Em última análise, isso pode levar a um derrame ou ataque cardíaco.

O comprometimento da função renal pode ser tanto causa quanto consequência da pressão alta constante. Com o dano renal causal, surgem complicações graves de hipertensão e é necessário ter uma abordagem especial para o tratamento e escolha de medicamentos para hipertensão. A adesão estrita à dieta, neste caso, torna-se um pré-requisito para a recuperação.

A hipertensão, assim como doenças como diabetes mellitus e aterosclerose, pode ser consequência de uma predisposição genética e de um defeito adquirido no metabolismo energético das células. Essas doenças também são consideradas “doenças de armazenamento”. As “doenças de armazenamento” acumulam-se com a idade, a geração de energia nas mitocôndrias das células é gradualmente interrompida, o que subsequentemente conduz a um aumento constante da pressão.

A pressão arterial elevada nas artérias não é apenas uma doença dos idosos; as pessoas de meia-idade e mesmo os jovens estão cada vez mais sob ataque. Das complicações concomitantes, a síndrome dismetabólica é freqüentemente observada, que é expressa por sobrepeso, diabetes mellitus e aterosclerose. A síndrome dismetabólica acomete geralmente homens com idade entre 40-50 anos, pois nesse período da vida é considerada a mais desfavorável para o desenvolvimento de complicações.

O que é um tratamento eficaz para hipertensão?

A primeira coisa a se considerar no tratamento da hipertensão é a necessidade de levar um estilo de vida saudável e correto, cuja ausência costuma ser a causa do aparecimento da doença. Você deve abandonar todos os maus hábitos, fumo, álcool, junk food. Também vale a pena reduzir a quantidade de sal consumida, a ingestão diária de sal deve ser de meia colher de chá por dia. Um sono saudável adequado e um bom descanso também contribuem para o tratamento. A manifestação de estresse deve ser evitada de todas as maneiras possíveis, pois é a causa do desenvolvimento da síndrome dimetabólica.

Cardiol - cápsulas para normalizar a pressão sanguínea

Na hipertensão, os exercícios voltados para o relaxamento dos músculos são considerados exercícios físicos úteis, o ioga é o ideal neste caso, com exceção do chamado ioga “de força”. Os exercícios de levantamento de peso podem, ao contrário, ser prejudiciais, por isso vale a pena consultar um profissional antes de iniciar a prática desportiva.

Um banho quente, ar puro, tudo isto ajuda a aliviar o stress e a relaxar o corpo.

Hoje em dia existem muitos sanatórios e resorts que são ideais para pessoas com hipertensão persistente. Um estilo de vida saudável e normal ajuda bem no início do desenvolvimento da hipertensão, em um estado de descuido isso não será mais suficiente, é necessário tomar adicionalmente um remédio para hipertensão para estabilizar a pressão arterial. Até o momento, existem sete grupos de medicamentos ineficazes para hipertensão, entre os quais diuréticos para hipertensão (diuréticos), antagonistas de cálcio, beta-bloqueadores, alfa-bloqueadores, inibidores da enzima de conversão da angiotensina e medicamentos: Cardiol, Detonic, Cardiline ... A maioria dos medicamentos para hipertensão em pequenas doses não tem malefícios, mas com o uso a muito longo prazo pode surgir o vício, caso em que é necessário selecionar outro medicamento para hipertensão ou aumentar a dose, o que pode acarretar outras complicações. Portanto, eu recomendo usar este remédio seguro e eficaz para o tratamento da hipertensão.

De acordo com as estatísticas, 70-80% dos pacientes usam diuréticos para hipertensão para combater a pressão alta, que por sua vez exerce uma grande carga sobre os rins. Alguns dos medicamentos usados ​​para a hipertensão causam um efeito colateral como as arteríolas - paralisia de pequenas artérias, o que leva à circulação sanguínea prejudicada para o cérebro e os rins. Se não houver efeito positivo com o uso regular de um medicamento para hipertensão, você deve ir a um especialista para exame e reatribuição do curso de tratamento com outros medicamentos para hipertensão. O uso constante de medicamentos para hipertensão, como as estatinas, ajuda a reduzir o risco de ataques cardíacos e derrames ao retardar o desenvolvimento da aterosclerose das paredes dos vasos, mas é viciante. A fim de evitar o uso de drogas aditivas e curar a hipertensão de forma efetiva e permanente, é melhor usar esta droga em combinação com a droga Cardiol.

O efeito terapêutico da baroterapia normóxica como um remédio eficaz para a hipertensão

Para interromper os processos de envelhecimento prematuro, restaurar a autorregulação das células e normalizar o metabolismo energético, o método da baroterapia normóxica também pode ser um excelente remédio para a hipertensão.

A baroterapia normóxica é um procedimento que ocorre em uma câmara de pressão a uma pressão excessiva de no máximo 80 mm Hg. Arte. misturas de ar e oxigênio junto com drogas como antioxidantes melhoram a absorção de oxigênio pelo corpo. Após um curso de tratamento, que pode consistir de 8-12 procedimentos, os ritmos fisiológicos naturais são restaurados, a autorregulação da célula é restaurada, o metabolismo retorna ao normal e a regulação normal da pressão nas artérias retorna. Ao mesmo tempo, o conteúdo das mitocôndrias danificadas nas células diminui, a formação de mitocôndrias saudáveis ​​aumenta e o metabolismo energético é normalizado. A baroterapia normóxica é um excelente remédio para hipertensão e “doenças de armazenamento”, que também retarda o envelhecimento prematuro e rejuvenesce o corpo.

Baroterapia normóxica da hipertensão

A baroterapia normóxica melhora significativamente a saúde dos rins, o que em si é um ponto chave no tratamento da hipertensão. No primeiro estágio de desenvolvimento da hipertensão, o efeito da baroterapia persiste por muito tempo sem o uso de outras drogas para hipertensão, em um estado mais avançado quando já existem várias complicações no corpo, a terapia anti-hipertensiva é usada durante a baroterapia, ou seja, redução da pressão arterial com outros aditivos para o tratamento da hipertensão, como Cardiol ou Cardiline ... O efeito da terapia anti-hipertensiva pode persistir por muito tempo se tal remédio for usado.

Vale lembrar que a hipertensão precisa ser tratada, e ela realmente está eliminada, pode ter que ser paciente, mas certamente não deve desistir e iniciar a doença, o tratamento deve ser abrangente e consiste exclusivamente em medicamentos não medicamentosos para hipertensão, e no uso de remédio comprovado para hipertensão , que já ajudou centenas de milhares de pessoas. É fácil voltar à pressão arterial normal e, portanto, evitar todas as complicações, se você levar sua saúde a sério e escolher os métodos corretos de tratamento da hipertensão.

Tenham saúde, amigos, porque saúde é o que temos de mais valioso.

Faça uma pergunta

Lyudmila Kohanovskaya

Kakhanovskaya Lyudmila Nikolaevna, cardiologista com quase 20 anos de experiência. Uma biografia detalhada e informações sobre as qualificações médicas estão publicadas na página dos autores de nosso website.

Obzoroff
Adicionar um comentário